Estadual

AMARELO DE VERGONHA 30/06/2019 16:44

Fracassa manifestação em favor de Moro e Bolsonaro em Cuiabá

Um grupo minguado de partidários de Bolsonaro e fãs do ex-juiz Sérgio Moro se reuniu para "apoiar" os dois políticos que estão acuados por escândalos de todos os lados e perdem apoio popular de forma acelerada

Da Redação

Os apoiadores da Lava Jato, Sérgio Moro e Bolsonaro em Cuiabá entraram em processo acelerado de extinção. É o que se pode constar pela pequena quantidade de pessoas que se reuniu na tarde deste domingo, 30, no monumento Ulisses Guimarães, na Avenida do CPA, atendendo à convocação do PSL e do MBL.

O ato se pretendia um "desagravo" ao ministro Sérgio Moro, que está acuado pelas revelações da "Vaza Jato" a série de reportagens do site The Intercept em parceria com vários outros veículos. As reportagens estão sendo trazendo ao público os arranjos, manobras ilegais e fraudes processuais praticadas pela Lava Jato e pelo então juiz a fim de perseguir o PT, prender Lula e impedi-lo de concorrer à Presidência da República.  

A baixa adesão à manifestação já era esperada. Desde a publicação da primeira reportagem pelo The Intercept, a popularidade de Sérgio Moro caiu mais de 17% em todo o país. As pesquisas indicam que há uma crescente percepção na sociedade de que Moro é uma pessoa maléfica, desonesta e mentirosa.

Também o presidente Jair Bolsonaro tem perdido credibilidade de forma acentuada e rápida nas últimas duas semanas por conta da inércia de sua gestão e de suas propostas de mudanças sempre negativas para o país.     

Defendendo Sérgio Moro, o deputado estadual Ulysses de Morais (DC), que também é integrante do MBL-MT, disse que as denuncias contra o ex-juiz e atual ministro seriam um "é um ato de covardia" das oposições. Para o parlamentar, as mensagens da Lava Jato publicadas pela imprensa até agora não mereceriam crédito por não terem sido ainda submetida à análise de peritos da Polícia Federal  e sua divulgação visaria acabar com a operação.

O deputado também duvidou das pesquisas do Ibope e do Instituto Paraná Pesquisas, divulgadas nesta semana, que mostraram a popularidade em queda Bolsonaro e Moro.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo