Pauta Jurídica

DESRESPEITO À PRERROGATIVAS 24/01/2019 14:12

Advogados são proibidos de entrar em presídio após assalto à casa de agente carcerário

Associação que representa a categoria, apenas as entradas de defensores públicos e oficiais de justiça foram autorizadas. Em nota, o governo nega a proibição

G1 MT

Advogados criminalistas encaminharam um ofício ao diretor da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, solicitando informações sobre a suspensão de atendimento aos clientes, nesta quinta-feira (24). Segundo os representantes da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim) em Mato Grosso, a entrada no presídio foi suspensa após um suposto assalto na casa de um agente penitenciário.

A reportagem procurou a Polícia Militar, mas ainda não recebeu informações sobre o suposto assalto. Em nota, a Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT) informou que não há impedimento para a entrada de advogados na unidade prisional.

De acordo com a presidente da Abracrim-MT, Michele Marie, apenas as entradas de defensores públicos e oficiais de justiça foram autorizadas. “Isso é um desrespeito conosco quanto profissionais, que estamos lá para desempenhar nossas funções e nos tratam assim”, disse.

No ofício, os advogados criminalistas cobram a retomada do atendimento, “restabelecendo o direito legal, de livre acesso, lembrando que não há justiça sem advogado”.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo