Polícia

PERDEU,LADRÃO 30/06/2018 08:35

Ladrão acusado de pelo menos 7 roubos é preso

Davi Dias de Oliveira Porto, 21 anos, foi detido quando estava em um lava jato no bairro Lixeira em cumprimento a dois mandados de prisão preventiva em aberto

Da Redação

Um homem com dois mandados de prisão e autor de pelo menos sete roubos foi preso pela Polícia Judiciária Civil, em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), na sexta-feira (29). O suspeito, Davi Dias de Oliveira Porto, 21 anos, foi preso em um lava jato no bairro Lixeira.

Dos dois mandados de prisão preventiva em aberto do suspeito, um é referente investigação da Especializada sobre crimes de roubos de veículos, receptação, adulterações de sinais identificadores, associação criminosa, praticados na capital. Na ocasião, 29 de novembro de 2017, dois dos comparsas de Davi (Igor Spinoza e Erciane Nascimento) foram presos pelos policiais  civis da DERRFVA. No entanto, Davi Dias conseguiu fugir  após efetuar disparos de arma de fogo contra os policiais.

Na aquela diligência, os investigadores apreenderam três veículos entre os bairros Jardim Florianópolis e Três Poderes (um Ford/KA sedan, vermelho; um Citroen/Air Cross; e um Honda/Fit), todos roubados.

No dia 6 de dezembro de 2017, Davi Dias foi preso em flagrante pela equipe da Delegacia de Veículos, quando foi reconhecido em vários roubos de veículos (mais cinco roubos). Mesmo assim, foi colocado em liberdade durante audiência de custódia, permanecendo nessa condição até sua audiência judicial (Processo-Crime do caso da DERRFVA), ocasião em que foi requerida sua prisão preventiva pelo Ministério Público, sendo o pedido acatado pelo Juízo da 8ª Vara Criminal da Capital.

O segundo mandado de prisão foi solicitado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf), em investigação de roubo majorado a residência, ocasião em que foi subtraído um veículo Mitsubishi/TR4.

Conforme o delegado, Marcelo Martins Torhacs, a equipe da DERRFVA vinha procurando o foragido Davi Dias, nos endereços fornecidos por ele à Polícia e à Justiça, os quais foram comprovados serem  fraudulentos, pois em nenhum deles ele não foi encontrado.

O suspeito somente foi encontrado depois de insistentes buscas com auxílio do Núcleo de Inteligência da DERRFVA. Ele estava em lava jato, no bairro Lixeira, Cuiabá.

A materialidade dos crimes praticados por ele está relacionada em boletins de ocorrências juntados ao inquérito policial.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo