Polícia

ASSASSINATO BRUTAL 17/01/2021 14:29

Suspeito de assassinar diretora do Sanear é identificado e preso

Um vigilante do Hospital Regional de Rondonópolis foi preso neste domingo suspeito de ser um dos autores do assassinato de Terezinha da Silva Souza na última sexta-feira

Da Redação

A polícia identificou e prendeu no inicio da tarde deste domingo, 17, um dos supostos assassinos da diretora-presidente do Serviço de Saneamento Ambiental de Rodonópolis (Sanear), Terezinha da Silva Souza.Terezinha foi morta na última sexta-feira, 15, com sete tiros, após ter seu carro abordado por dois homens em uma moto ao parar em um sinal de trânsito do centro de Rondópolis.

O nome do suspeito preso não foi divulgado para não atrapalhar as investigações, já que o segundo participante do brutal assassinato segue não identificado e foragido..

As pistas que levaram a prisão do suspeito foram repassadas em um telefonema anônimo. Na casa dele, a polícia apreendeu uma moto vermelha, capacetes pretos iguais aos usados pelos assassinos no ataque à Terezinha Silva e uma bolsa do Sanear.

Conforme apurou a polícia, o crime pode ter sido motivado pela demissão da esposa do suspeito. A mulher trabalhava com Terezinha no Sanear.

Conforme apurou a polícia, a mulher havia sido demitida pela diretora do Sanear depois de uma discussão.

O suspeito é um vigilante que trabalha no Hospital Regional de Rondonópolis. Ele negou qualquer envolvimento com o caso e alegou que estaria em casa na hora do fato pois teria trabalhado "até as seis da manhã". Detalhe: a vítima foi morta por volta das 7:30 quando se dirigia ao trabalho. Ela foi atingida com sete tiros que atravessaram o vidro lateral e a porta do lado do passageiro da camionete em que transitava.

Não foram encontradas armas ou munição com o homem detido. As diligências prosseguem a fim de comprovar o envolvimento do suspeito com o crime e identificar o comparsa.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo